EMOÇÕES PARA UM NOVO ANO

 

Muitos dos emails que recebo, é a pedirem ajuda na parte da expressividade da fala.
Muitas pessoas não querem ser actores, mas querem desenvolver o seu trabalho nesta área. Até aqui tudo bem!

Eu defendo que: Tanto um locutor deve ter formação como actor, como um actor deve ter formação na área da locução. E daqui não arredo o meu pé!
Já ouvi bons actores a fazerem péssimas locuções/Dobragens, assim como o contrário. Por isso defendo o que defendo.
Algumas das perguntas, entre outras, que me fazem por email, quase em modo desespero que recebo;

  • Como posso ganhar credibilidade na voz?
  • Como posso ter a minha voz mais grave, ou mais aguda?
  • Como uso esta ou a outra emoção?

Principalmente a nível da expressividade vocal há imensas perguntas sobre este assunto.

Desculpe! Mas não há uma varinha mágica que faça um locutor/dobrador, de um dia para o outro.

Não me interprete mal. Todas e outras questões que aparecem são genuínas. Mas como sempre digo nas minhas formações, com tempo e com a prática de todos os dias, e reafirmo: TODOS OS DIAS, se faz então um locutor/dobrador.
É como em qualquer outra profissão. Há que fazer, fazer, treinar, treinar, estudar, investir em formação e lançar-se ao mercado.
E se é realmente isto que quer, então prepare-se para um mundo onde muitas vezes as portas se vão fechar, ou então nem sequer se abrem.
Mas a boa notícia é que há um dia, em que a magia acontece. E desta vez, não foi pelo uso da varinha mágica, mas sim pelo seu trabalho e investimento na carreira.

Na revista científica “Proceedings of the National Academy of Sciences acerca de um estudo sobre as emoções humanas. Este estudo divulga outras emoções importantes a ter em conta no ser humano além das 6 emoções básicas anteriormente divulgadas.
Segundo o principal autor desta pesquisa, o norte americano Alan Cowen, além da felicidade a tristeza, a raiva, o nojo, o medo e surpresa, existe outras emoções tão ou mais importantes que caracterizam as reacções do Ser Humano.
Ao analisar a distribuição dos estados emocionais relatados, os pesquisadores descobriram variantes suaves entre o espanto e a paz, por exemplo, defendendo que “os estados emocionais ocupam um espaço categórico complexo e de alta dimensão”, complexidade esta que os levou a criar um mapa multidimensional e interactivo para demonstrar como as diferentes emoções se conectam entre si.

Vaja aqui o quadro doo mesmo estudo.

https://s3-us-west-1.amazonaws.com/emogifs/map.html#

 É por onde tudo começa… A emoção…

Ora tal como os cientistas afirmam as emoções do Ser Humano são complexas.
Pois bem. Agora passe-as para a sua voz, e expresse cada uma das que conhece. Difícil? Talvez. Mas tudo é uma questão de prática e alguma técnica.
Para aqueles que dão os primeiros passos nesta arte umas das muitas sugestões que dou é por exemplo:

(esta é da velha guarda 😊) – Ler MUITO, em voz alta, e de preferência textos sem pontuação.

– E a outra que posso dar e que lhe vai dar já imenso trabalho, é trabalhar as emoções ao nível da sua voz.

A voz humana é uma das mais ricas fontes de informação emociona.

Ao ponto de através da sua voz eu poder conhecer quem está por detrás dela. E acredite os meus ouvidos são muito atentos, e raramente falham!
A voz humana, a voz de cada um de nós, traz muita informação, e um passado em cada palavra que exprime e como exprime.

O Livro “As emoções Humanas” de Tiffany Watt Smith, é outra grande ajuda para começar a entender as emoções do Ser Humano, leia-o, e aproveite para se exercitar e crie na sua voz emoções para um ano novo!

Boas Locuções!

Teresa Silva

 

 

Don`t copy text!