Uma das afirmações que me fazem chegar muitas das vezes é esta. Seguida de uma pergunta;

Posso mudar a minha voz?

A resposta é positiva. Sim, podemos mudar a nossa voz. Claro há que ter cuidados e sempre ter um acompanhamento adequado no processo.

A voz, deve ser compatível com a idade, o género, e até mesmo com a nossa estrutura física.

Devemos treinar o nosso aparelho vocal de forma a ter flexibilidade vocal. Afinal as cordas vocais são músculos, e por isso devem ser exercitados.

Entendo que haja pessoas que não gostam da sua voz.

Ou por serem do género masculino e a voz ser demasiado aguda, ou por serem do género feminino, mas  a voz ser demasiado infantil… Há de facto pessoas, que foram estigmatizadas ou rotuladas devido á sua voz. E ao sentirem uma inadequação da sua voz, a insegurança, o medo,  o desconforto é tal que a  auto estima vai-se abaixo.

Mas sim, podemos mudar a nossa voz. A partir de um diagnóstico feito por um terapeuta da área, poderá fazer uma terapia vocal, que bem conduzida, levará a pessoa a ter a sua voz mais audível ao seu ouvido.

No entanto, eu acho que há espaço para todo o tipo de vozes, neste mercado que é imenso.

A voz é uma dádiva, um dom.

 

Teresa Silva

Don`t copy text!