Temos de pensar, tal como noutra companhia qualquer, quais são as melhores épocas em que podemos trabalhar. Claro que há sempre excepções á regras, mas é apenas uma questão de pensarmos, como agora se costuma dizer, fora da caixa.
O ano de 2018 está a chegar, e por isso seria uma boa ideia neste mês de Dezembro e inicio de Janeiro, tentar reformular o site, as demos, a apresentação de cada locutor a cada empresa que se poderá dirigir.
Temos de pensar no mercado da locução como em qualquer outro mercado e fazer o nosso Marketing Pessoal de forma a que a nossa marca e a nossa voz possam estar presentes quando assim for necessária. Ou seja, temos de (como tantas vezes digo nas minhas formações) dizer ao mundo que existimos. Sim, AO MUNDO. Porque a locução em português neutral, neste caso, não só faz só a partir de Portugal, ou em estúdios em Portugal.
É importante termos uma agenda para podermos planificar o nosso próximo ano, e os nossos próximos passos como profissionais. E nesta agenda também marcarmos algumas das melhores formações quer a nível nacional quer a nível Internacional, para podermos melhorar profissionalmente. Há sempre coisas a melhorar. Mesmo aqueles, que como eu, andam nisto há mais de 30 anos, têm de estar actualizados. E acreditem que cada formação que faço surpreendo-me cada vez mais.
Portanto o inicio do ano será um bom mês para planificar, e pensar no que iremos fazer nos próximos anos. Tal como cada marca o faz.
Aproveite então para fazer novas demos, para rever o site o fazer um se ainda não tiver, e para ter cartões de apresentação (Não. Não estão fora de moda) pois certamente se surpreenderá com a quantidade de cartões que irá dar durante o próximo ano, e essa é outra forma de divulgar o seu trabalho, site e as suas redes sociais, e quantos clientes poderão vir daí.
Aproveite em Janeiro para se vender, e pensar em como o vai fazer. Que trabalhos já tem feitos? Que clientes gostaria de conquistar? Onde gostaria de ver o seu trabalho divulgado? Quem gostaria que o indicasse como um bom profissional? Etc…. Há muito em que pensar, e muitas estratégias para o fazer.
Os Podcasts são nesta altura do ano, programados e gravados. Se tiver uma boa base de podcasts gravados para pelo menos 4 meses, uma média de 5 horas 5 minutos cada, se for o caso, e 25 minutos cada (faça as contas ) consegue até pelo menos ás férias grandes ter material para “dar e vender”.
Depois de fazer uma planificação, e gerir as suas ideias. Pense em quanto dinheiro quer despender durante o próximo ano em formação, e especifique para si mesmo, o dinheiro que quer alcançar com este trabalho e de que forma o vai fazer para atingir os seus objectivos.
Há falhas? Há faltas de material ou condições de trabalho? Identificados os problemas, deixe de pensar nos mesmos e foque-se acima de tudo nas soluções dos mesmos.
Fevereiro traz-nos o dia dos namorados, (Atenção, estes clientes têm de ser contactados a meados de Janeiro. Confere? E sabe certamente qual será a resposta) e no caso de Portugal, e outros países, o dia do carnaval, e noutras regiões eventos significativos. Pense em todos os feriados do próximo ano que possam significar uma boa locução.
Consegue pensar que clientes poderiam ser os seus? De que forma os poderá conquistar? O que pode fazer para serem os seus clientes?
Março, é sempre aquele mês em que aparece muito que fazer, parece que as pessoas programam muitas coisas para Março. É assim o mercado. Mas atenção, para pensarmos em Março, temos de pensar com pelo menos mês e meio de antecedência neste mês, assim como em todos os outros. Pensar sempre á frente! A páscoa deve ser pensada neste mês.
Abril, já dá para pensar em sol, em férias, em tudo o que signifique paz e sossego. Mas não o seu! Nesta altura começam-se a preparar as férias e tudo o que trazem consigo.
Maio é outro mês interessante, sendo que traz muitos casamentos durante os próximos meses incluindo o de Maio. Não esquecer joias, floristas, e tudo mais que possas fazer parte da festa.
Em junho, por incrível que pareça há muita gente a planificar o próximo ano lectivo, a não esquecer os IVR, ou seja as chamadas telefónicas das empresas, os e-learnings, os audiolivros audiobooks, se assim preferir, etc…
Julho, pode ser um bom mês para pensar em conferências, em espectáculos e tudo o que um locutor pode fazer neste meio. Claro que há que pensar sempre com antecedência e focar-se no seu nicho de mercado.
Agosto parece um mês em que toda a gente vai de férias, mas os locutores e dobradores não. Há que preparar o final do ano, e aqui incluímos o Outubro, Novembro e Dezembro, onde existem vários eventos e feriados, o Natal, pensar igualmente nas marcas que estão mais presentes nestes meses que se aproximam. Ah e já agora não se esqueça do dia das bruxas, pode não acreditar nelas, mas este dia existe!
Boa planificação, Bom Natal, e já agora BOM ANO NOVO!
E já agora, Boas Locuções!

Teresa Silva

Don`t copy text!